PAGINAS

Seja nosso parceiro.

500 mil acessos.

Seguidores do Camaçari destaques.net

Total de pessoas visitando o Camaçari destaques.net agora.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Morre aos 105 anos Dona Canô, em Santo Amaro da Purificação, na Bahia.

O velório será realizado a partir das 18h, no Memorial Caetano Veloso, em Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano Morreu na manhã desta terça-feira (25), dia de Natal, aos 105 anos, Dona Canô Veloso. A matriarca, que estava tendo assistência domiciliar, teve uma piora em seu estado de saúde e não resistiu. O velório será realizado a partir das 18h, no Memorial Caetano Veloso, em Santo Amaro da Purificação, no Recôncavo Baiano.
Ela foi internada no Hospital São Rafael no dia 15 de dezembro, por causa de uma isquemia cerebral transitória, um déficit neurológico causado geralmente pela diminuição do fluxo sanguíneo até a região do cérebro. Outra causa é a presença de coágulos nos vasos sanguíneos, prejudicando a circulação no sangue e o tráfego de oxigênio. Na última sexta-feira (21), Dona Canô teve alta médica e retornou para sua casa, em Santo Amaro, onde ficou aos cuidados de uma assistência domiciliar. Saúde delicada No dia 5 de novembro deste ano, Dona Canô foi internada no Hospital São Rafael, em Salvador. Após ficar quatro dias internada por conta de uma gripe, Dona Canô Veloso recebeu alta médica na manhã do dia 9 do mesmo mês. Para quem não se lembra, em julho de 2011, Dona Canô passou mal em sua casa em Santo Amaro e foi transferida de helicóptero para o Hospital São Rafael, em Salvador, por indicação médica.
Após uma semana de internação, em que passou por uma bateria de exames, ela recebeu alta. Na época, a assessoria de imprensa da unidade médica informou que a matriarca deu entrada com quadro de traqueobronquite, associada a broncoespasmo e ficou na Unidade Cárdio Vascular Intensiva (UCI). Em agosto do mesmo ano, Dona Canô retornou ao hospital se queixando de dores na coluna. Voltou a ser internada e só foi liberada pelos médicos após conseguir um colete ortopédico. Desde então não foi registrada mais nenhuma internação da matriarca. Aniversário de 105 anos No dia 16 de setembro Dona Canô completou 105 anos. Em Santo Amaro, missa e festa íntima fizeram parte das homenagens, que contou com a presença dos filhos Caetano Veloso e Maria Bethânia, além da amiga Regina Casé. Através de flores, o ex-presidente Lula mandou uma mensagem para a aniversariante: "À querida dona Canô, minha sincera e emocionada homenagem pelo seu 105º aniversário. E parabéns por essa longa vida que ilumina uma família tão especial, honra Santo Amaro da Purificação e orgulha a Bahia e o Brasil. Do amigo, Lula". Centenária baiana Claudionor Viana Teles Velloso, mais conhecida como Dona Canô, era uma cidadã baiana centenária. Mãe de seis filhos, entre eles os músicos Caetano Veloso, Maria Bethânia, era viúva de José Teles Velloso (Seu Zeca), funcionário público dos Correios, falecido em 13 de dezembro de 1983, aos 82 anos. Considerada uma das mais ilustres cidadãs de Santo Amaro da Purificação, teve publicada suas memórias no livro 'Canô Velloso, lembranças do saber viver', escrito pelo historiador Antônio Guerreiro de Freitas e por Arthur Assis Gonçalves da Silva, falecido antes do término da obra. Quando perguntada sobre a própria fama, Dona Canô sempre disse que não entendia a razão: "Apenas fiquei conhecida por causa de meus dois filhos que nunca se esqueceram de onde vieram nem da mãe que têm".Fonte:Correio da Bahia.